Follow by Email

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Ela era forte, e sabia. Por isso andava sorrindo por aí, ignorando todas as suas dores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário