Follow by Email

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.

(Carlos Drummond de Andrade)
   A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.
Tudo o que acontece no universo tem uma razão de ser; um objetivo. Nós como seres humanos, temos uma só lição na vida: seguir em frente e ter a certeza de que apesar de as vezes estar no escuro, o sol vai voltar a brilhar.
Tumblr_lrg1kr02ik1qeeigho1_500_large

Quando minha hora chegar não tente introduzir vida artificial no meu corpo, através de uma máquina! Em vez disso, doe meus olhos para um homem que nunca viu o sol nascer, o rosto de um bebê ou o amor nos olhos de uma mulher! Doe meus rins pra uma pessoa que depende de máquina pra viver de semana em semana! Pegue meu sangue, meus ossos, todos os músculos e nervos do meu corpo, e encontre uma maneira de fazer uma criança aleijada andar! Explore todos os cantos do meu cérebro! Pegue minhas células, se for necessário, e cultive-as! Então, quem sabe algum dia, um garoto mudo consiga gritar quando seu time marcar um gol, e uma garota surda consiga ouvir o som dos pingos da chuva batendo na sua janela! Queime o que restar de mim e espalhe as cinzas para ajudar as flores crescerem! Se você quiser mesmo enterrar alguma coisa, enterre meus erros e minhas fraquezas! Minha alma, eu peço que seja entregue à Deus! Se você quiser lembrar de mim, faça tudo isso como um gesto de bondade! Se você fizer isso, aí sim, eu viverei para sempre!

(Sérgio Pestana)

   Quando minha hora chegar não tente introduzir vida artificial no meu corpo, através de uma máquina! Em vez disso, doe meus olhos para um homem que nunca viu o sol nascer, o rosto de um bebê ou o amor nos olhos de uma mulher! Doe meus rins pra uma pessoa que depende de máquina pra viver de semana em semana! Pegue meu sangue, meus ossos, todos os músculos e nervos do meu corpo, e encontre uma maneira de fazer uma criança aleijada andar! Explore todos os cantos do meu cérebro! Pegue minhas células, se for necessário, e cultive-as! Então, quem sabe algum dia, um garoto mudo consiga gritar quando seu time marcar um gol, e uma garota surda consiga ouvir o som dos pingos da chuva batendo na sua janela! Queime o que restar de mim e espalhe as cinzas para ajudar as flores crescerem! Se você quiser mesmo enterrar alguma coisa, enterre meus erros e minhas fraquezas! Minha alma, eu peço que seja entregue à Deus! Se você quiser lembrar de mim, faça tudo isso como um gesto de bondade! Se você fizer isso, aí sim, eu viverei para sempre!

Tinha tantas palavras à dizer. Mas meus olhos já representavam um livro inteiro.


O coração está machucado, mas se recupera e consegue de novo enxergar a beleza da vida. Isso já aconteceu antes, isso tornará a acontecer; tenho certeza. Alguém quando parte é porque outro alguém vai chegar - encontrarei de novo o amor.

(Paulo Coelho)
    O coração está machucado, mas se recupera e consegue de novo enxergar a beleza da vida. Isso já aconteceu antes, isso tornará a acontecer; tenho certeza. Alguém quando parte é porque outro alguém vai chegar - encontrarei de novo ''O Amor''.

Ninguém precisa me ver chorando, é ridículo .


Na minha casa, em dia de calor. kkkk'

domingo, 9 de setembro de 2012

A noite acendeu as estrelas porque tinha medo da própria escuridão.

Historinha...

Lembro como se fosse ontem o dia que eu o vi pela primeira vez. Confesso, achei ele o cara mais esquisito do mundo e mal o cumprimentei. Pensava comigo mesma “Quem é esse cara que sentou na mesma mesa com os meus amigos?”. Papo vai, papo vem, acabou que cruzamos os olhares várias vezes antes de dizer uma palavra sequer. Ele fez uma piada comigo e eu achei engraçado, mas pensei: “Quem é esse cara? Ele acha que tem intimidade comigo?”. Mesmo rindo da piada não pude conter a vontade de socar a cara dele. Recebi um telefonema, era um amigo me chamando pra ir em um lual. Tinha fogueira, violão, grama e uma paisagem linda. Comentei na mesa com os meus amigos que iria ao lual com outra turma. E não é que ele se ofereceu pra vir comigo?
— Eu posso te acompanhar até lá? Você não vai querer ir sozinha né?
Dei uma risada meio sem graça, eu não queria ele comigo. Eu mal o conhecia. Mesmo assim eu disse que tudo bem ele me acompanhar até lá, desde que ele voltasse depois. Chegamos ao tal lual, ele cumprimentou todos os meus amigos e fez questão de fazer amizade, só pra que alguém o convidasse para ficar. Já que ele sabia que eu não faria isso. E não é que o filho de uma quenga conseguiu ser convidado? Sentados na grama olhando as estrelas, começamos a conversar sobre tudo e nada. Era como se nos conhecêssemos a anos, quem sabe a vidas. Senti uma coisa tão estranha, fiquei calada por alguns minutos. Ele me olhou e perguntou o motivo do silêncio. Não consegui dizer uma palavra, nadinha. Mais silêncio. Ele pediu para que eu encostasse a cabeça no peito dele. Ficamos olhando e uma estrela cadente desceu queimando. Foi uma das coisas mais lindas que eu já vi (Depois dele, é claro). Nem vi o tempo passando, nem vi o dia amanhecendo. Já tinha ido uma madrugada toda ao lado dele, e meu único desejo era que aquele momento não acabasse nunca. Mas o que era aquilo? Eu mal o conhecia e já o queria pra mim, só pra mim, pra sempre. Era possível estar amando? Assim? Tão rápido? Será que foi destino, foi acaso? Ou o quê? Meu deus. Me ajude. Que sorriso era aquele? E o perfume dele? Seu abraço era o único lugar que me sentia segura. Foi tudo tão rápido que, mal pude notar que eu estava apaixonada. Logo eu, que nunca acreditei em amor. Muito menos a primeira vista.
             


Tumblr_lllxg8kl3m1qh8yi3o1_500_large_large   

















   Gosto disso, gosto de você. Gosto dessa relação que começamos a construir. Gosto desse teu jeito meigo e protetor de ser. ''Finja que não leu essa parte''. Mas não gosto de tudo em você. Você me irrita e sabe disso. Consegue me tirar do sério. Me irrita essa mania de me fazer perguntas só pra eu responder coisas fofas e confortar o teu ego. Não vou ficar te bajulando o quanto você amo a sua inteligência o seu sorriso. E essas coisas desse tipo. Mas volto a dizer, gosto de você. Da sua companhia, de passar o dia falando com você. Sou uma pessoa melhor, ou estou me tornando. E você é o ingrediente essencial desse processo. Te peço, não se afaste de mim. Não me prive de você.Me ajude a mudar... porfavor !

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk' que MANEIRO

Acabando com frases :

Um menino deu 10 flores para uma menina. 9 de verdade e uma de plástico, e disse: Vou te amar até que a última flor morra.
  Dany: Deixa eu tacar fogo nela pra vê se ela também não morre. u.u

Eu estou sempre mal humorada, mas sou engraçada apesar disso ou principalmente por causa disso. Sou irônica, e não de bem com a vida.
  Dany: Não meu amor, isso se chama bipolaridade. --' :D _I_

''Essa carinha " :3 " deixa tudo mais fofo , não importa o que seja dito , " vai tomar no cu :3 " , " sexo :3 " , " caralho :3 " , " sua puta :3 ".
    Dany:Engraçado, essa carinha me parece O.o... Huuuuuuuuuum.Esquece.

''Tenho medo de ninguém entender, porque pra falar a verdade nem eu me entendo. ''
   Dany: Então se mata !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou triste com tudo, talvez por ser verdadeiro. Eu tenho medo do mundo, mas com coragem de guerreiro.
  Dany: Não entendi POHA nenhuma, se você tem medo,como vai ter  coragem de guerreiro mano... sinceramente, o mundo está perdido. --'

Feche os olhos e finja que é só um sonho ruim, é assim que eu faço.
  Dany: Só toma cuidado pra não bater num poste, vai quebrar a cara com os olhos fechados também.

 ''Não quero que me entenda, gosto de ser diferente! ''
  Dany: Ta bom Cláudia, senta lá ! O que tem haver o cu com a bunda. --'

                 Tumblr_m8clreakbc1rplquyo1_500_large
  Meus olhos veem mais do que caos a minha frente, balbucio verdades enquanto alguém finge não me ouvir. Todos carregam hipocrisia na ponta da língua e dizem que nada viram. Um mendigo morreu. Ninguém viu. Ignorantes. Obstruem a liberdade enquanto constroem mais edifícios. Arranham o céu. Porcos imundos. Propagam seus sorrisos falsos em folhetos, enquanto o povo guerreia, entre si, por migalhas de pão. Malditos homens que compram almas às escuras. Mercadores negros. Os olhos estão vazios, perderam a esperança. Crianças perderam-se dos pais. E o futuro da nação? Bem-me-quer ou mal-me-quer, decide-se numa trágica e cômica flor. Futuro tragicômico. Ninguém faz nada. Não conhecem o próprio passado e estamos condenados a viver a mesma história de outrora. O país está em chamas e o medo está no ar. Gritos estão abafados na garganta e chora-se dor. Fel. Lancemos fogo no cabelo e corremos pro Senado. Morreremos. E, quem sabe, provocaremos um incêndio. Seremos, todos, o próprio fim.
Tumblr_lvo7pk9ten1qa6nblo1_500_large

  Como eu sempre me contentei com pouco, pensei que seria a mesma coisa. Eu sempre me contentei com o pouco dinheiro, com poha nenhuma de presença do meu pai, com a pouca inteligência e relevância que eu dava à escola, com a pouca instabilidade emocional. Eu sempre me contentei com as poucas flores que minha mãe plantava e com o pouco sal nas comidas que ela fazia. Eu me contentava com os poucos brinquedos que tinha e com os poucos amigos verdadeiros. Eu sempre me contentei com o pouco, e por ser tão suficiente com o necessário, achei que o pouco amor que ele me dava me faria feliz. Tola. Agora eu compreendi e mudei. Se eu dou amor, quero amor recíproco. Se eu dou carinho, quero carinho também. Se eu sou um real, por exemplo, eu quero o meu um real de volta. Se eu faço algo, espero algo em troca… E que seja na mesma intensidade e quantidade, se não eu meto o pé. Porque de incerto já basta o amor e de insuficiente já basta a minha paciência.Revoltada com essa sociedade egoista u.u
   A Julieta era uma idiota. Porque ela se apaixona por aquele cara que ela sabe que não pode ter. Todo mundo acha isso tão romântico: Romeu e Julieta, amor verdadeiro, que triste. Se Julieta foi burra o bastante para se apaixonar pelo inimigo, beber uma garrafa de veneno e ir repousar num mausoléu, então ela teve o que merecia, e até hoje, eu acredito que, na maior parte do tempo, o amor é uma questão de escolhas. É uma questão de tirar os venenos e as adagas da frente e criar o seu próprio final feliz. Você pode desperdiçar sua vida construindo barreiras e fronteiras ou então você pode viver ultrapassando-as. Mas há algumas que são perigosas demais para serem cruzadas. E aí vai o que eu sei: se você estiver disposto a se arriscar, a vista do outro lado é espetacular.
                                         Fala tu ...